sexta-feira, 13 de agosto de 2010

- Bom dia, amor...
- Bom dia, minha flor! Quer que eu traga o café?
- Não... Não é necessário, anjo. Mesmo. Já comeu?
- Não, fiquei esperando por ti. Fiquei aqui vendo-te dormir.
(Silêncio)
- Aw, mesmo? Por que és tão lindo assim pra  mim?
- Porque tu mereces, oras... (Risos)
- Não sabes o quanto me fazes bem...
- Quanto?

2 comentários: